LIVROS PUBLICADOS

capa do livro
Orientações metodológicas para a pesquisa em geografia e outras ciências
Marsone Araújo Cunha e Antônio Carlos dos Santos

"A obra Orientações metodológicas para a pesquisa em geografia e outras ciências é um compêndio de textos científicos que abordam diferentes temáticas e trilham pelo caminho da interdisciplinaridade, buscando direcionar estudantes e profissionais de diversas áreas que têm interesse pela pesquisa científica na graduação e pós-graduação. O livro é composto de nove capítulos, todos oriundos de experiências de pesquisa de pós-graduandos, mestres e/ou doutores que, de alguma forma, têm ou tiveram vínculo com programas de pós-graduação da Universidade Federal do Piauí. A obra é apresentada em duas partes e fornece uma base teórica para o entendimento do processo de pesquisa, além de apresentar de forma direta e clara pesquisas realizadas, contendo os passos importantes que revelam seu processo. Esta obra é uma luz que ilumina com clareza a mente dos entusiastas da pesquisa científica nas áreas da ciência geográfica e em outras abordagens. Logo, é uma chave que abre a porta do conhecimento para o encontro do pesquisador com uma aventura científica da modernidade. A leitura da obra Orientações metodológicas para a pesquisa em geografia e outras ciências é um convite sincero para acessar o campo da boa prática da pesquisa, onde teoria e prática se encontram para compor um corpo interdisciplinar abrangente e seguro. É, portanto, “uma bússola que orienta o navegante em alto-mar, um porto seguro onde os marinheiros do conhecimento podem ancorar para abastecer e seguir sua rota em busca da descoberta científica.”

capa do livro
O sol da manhã... Memórias de minha família
José Eugenio Guisard Ferraz

O Sol da Manhã não é uma biografia, muito menos um livro de História. Ele é, na verdade, uma agradável surpresa. Esta saga, narrada de modo leve e minucioso, leva-nos a percorrer longo caminho: começa na França e, após oferecer importantes informações sobre diversos períodos daquele país, chega ao Brasil. Como é interessante rememorar tantos fatos históricos de nosso país! Trata-se de um livro importante, uma vez que nos conduz através de meandros dos quais apenas as famílias Mallet, Caillaud, Guisard, Vieira Ferraz, Nogueira Barbosa e Querido detém o conhecimento. Após caminhar junto no desenrolar de tantas vidas, através de tantos caminhos, parece-nos conhecer e respeitar cada membro das famílias citadas. Muito enriquecedor acompanhar o surgimento de uma cidade, o passo a passo da formação de um vilarejo que viria a tornar-se extremamente importante no âmbito nacional: a cidade de Taubaté. Inesquecíveis personagens! Todos gostaríamos de ter estado a seu lado nos momentos de dissabor e de glória. Tão desbravadores, tão destemidos! Enfrentando o desconhecido, lutando por justiça, cuidando dos desvalidos... O Autor enriquece-nos a cada novo título. Fala-nos de amizade, de amor, de solidariedade, paciência e determinação. É difícil saber se o que mais embeleza a narrativa deve-se ao escritor, visto que escreve muito bem, ou aos fatos aqui narrados, ricos, cativantes, fazendo com que queiramos ler cada página, com prazer renovado. Isso faz com que tais fatos mereçam ser preservados. Não, não podem perder-se no esquecimento! Descubra por você mesmo.

capa do livro
Jeito de mensagem
Maria Susana Bighelini

"...O programa Jeito de Mensagem, através da Rádio Jaguari, apresentado há quarenta e um anos, abre espaço para profissionais de diversas áreas, mentes brilhantes que fazem a diferença, ajudam as pessoas a vislumbrarem uma luz na escuridão, encorajam os mais jovens, renovam a esperança dos mais maduros a prosseguirem na jornada. Maria Susana, com sua inspiração, carisma, gratidão, fé, admiração e zelo pela vida, com humildade compartilha suas leituras, transmite mensagens, complementa com músicas de diferentes épocas, fazendo assim ecoar a voz da sabedoria como uma oração diária, colaborando até para curar as feridas da alma, essencial ao desenvolvimento da espiritualidade. Agradeço imensamente a oportunidade de, como admiradora e ouvinte assídua, poder testemunhar aqui relatos de várias pessoas que, ouvindo seu programa, superaram traumas e amenizaram sofrimentos. Vivemos em uma sociedade em que poucos param para refletir sobre suas próprias atitudes. “Se eu fosse você”, pararia por um instante e escutaria a voz do coração. Você será exatamente do tamanho de sua vontade e coragem de lutar. A minha sugestão é que escute o programa aos domingos, à tarde, e leia seus livros! “Jeito de Mensagem – do Rádio para o Livro” complementa a preocupação da autora em deixar marcas inteligentes, provocar alegria de viver, mesmo tocando subjetivamente em nossos maiores e mais obscuros sentimentos. Isto é ser luz... ser sensível... ser grato... fazer a diferença. Isto é fazer o bem... Espero, sinceramente, que todos aproveitem a chance de ser ainda melhores, sigam construindo e valorizando a história da nossa gente e da nossa terra". Elida Cattelan Ruffo

capa do livro
Folhas Soltas
Antonia Aleixo Fernandes

A dimensão e essência dos sentimentos expressos nas palavras exigem exímia sensibilidade, a qual somente algumas pessoas possuem. A autora, Antonia Aleixo Fernandes, com sua sensibilidade e atributos próprios, abstrai de sua vivência como mãe, acadêmica e profissional, dedicada à resolução dos dilemas humanos, a inspiração para transmitir ao leitor lindos e profundos poemas. Estes transmitem com maestria sentimentos, reflexões e expressões que envolvem o meio e a natureza humana. Os tributos à natureza nos poemas “A terra”, “Peneirando a água” e “O sol se pondo no horizonte” reportam a nossa essência e alertam nosso compromisso com esses elementos vitais da natureza, estabelecendo, ao mesmo tempo, a simbiose entre o humano e a vida. “A beleza da natureza”, “Sinto o cheiro”, “Primavera no jardim” e “Outono” aguçam nossos sentidos para o simples, o mágico e o belo. A expressão dos dilemas humanos em “Desesperança”, “Ausência” e “Sonhos perdidos” remetem a reflexões profundas que inquietam a alma e emitem nossa necessidade de proteção. O amor transmitido sob diferentes aspectos em “Amor fugaz”, “Amo e não amo”, “Amor versus paixão”, “Amor em quatro fases” e “Elixir do amor” leva o leitor ao êxtase, pois esse sentimento, sem dúvida, eleva-nos aos mais altos patamares de nossa existência. Sinta-se sintonizado com essa excepcional autora que, por meio de sua habilidade, contribui para que não nos esqueçamos do lado simples e singelo da vida. Sua espontaneidade é um atributo essencial para o alcance de seu desejo: que seus poemas sejam apreciados por um amplo e diferenciado público. Delicie-se com todos os poemas que compõem este livro. Espero que esta leitura seja tão intensa quanto o desejo da autora de proporcionar-lhe sentimentos transcendentes, os quais, às vezes, temos dificuldade em explicar. Desejo que seu mergulho seja tão extasiante quanto o meu! Eliane da Silva Cara Assistente Social; Mestre em Comunicação, Administração, Educação; doutoranda em Serviço e autora de artigos na área social.