capa do livro Pombal moderna: cidade, memória e oralidade (1930-1950)

Pombal moderna: cidade, memória e oralidade (1930-1950)

Flávio Carreiro de Santana

Sinopse

Em nosso ponto de partida, convidamos você, leitor, a fazer uma incursão narrativa, em estrada científica, por uma cidade e suas transformações. Apresentamos agora nossa pesquisa sobre uma cidade que não mais existe – posto que sua realidade se encerrou no passado – e cuja motivação nos levou a recompô-la através de diferentes olhares e falas, só possível pelo nosso interesse no tempo presente. Tratamos aqui da cidade de Pombal, especificamente entre as décadas de 1930-1950, recomposta através de alguns escritos e falas, e representada principalmente pelo exercício da (reme)moração. Assim, interessa-nos nessa viagem narrativa, conhecer suas transformações materiais e simbólicas, resignificada por seus antigos (re)memoradores.

Detalhes
  • Páginas: 184
  • Encadernação: Brochura
  • Ano da edição: 2016
  • I.S.B.N.: 978-85-69943-26-6
  • Altura: 21,0 cm
  • Largura: 14,0 cm